Histórico:

- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 12/08/2012 a 18/08/2012
- 08/07/2012 a 14/07/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 09/10/2011 a 15/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 18/04/2010 a 24/04/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 13/09/2009 a 19/09/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 14/06/2009 a 20/06/2009
- 31/05/2009 a 06/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 26/04/2009 a 02/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 01/02/2009 a 07/02/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 23/09/2007 a 29/09/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 10/07/2005 a 16/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 05/06/2005 a 11/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 10/04/2005 a 16/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005
- 27/02/2005 a 05/03/2005
- 13/02/2005 a 19/02/2005
- 06/02/2005 a 12/02/2005
- 09/01/2005 a 15/01/2005
- 12/12/2004 a 18/12/2004



Textos e Poesias:

- Perfil
- Trilogia sobre a arte de dar
- Queria ter dado, mas tenho namorado
- Queria ter dado, mas ele era casado
- Mulher Alface / Mulher Rúcula / Mulher Quiabo
- Sobre 2004...
- Bon Jovi
- Bono Vox
- Sílvio Santos - Antológica
- A mãe do Spielberg
- Plantão na porta do Jassa
- Homem Satélite / Homem Mosca / Homem PF
- Anorexia
- Cor de carne ou cor de carmim?
- Tudo por ela
- Desabafo
- Ainda bem que eu não dei... mesmo!
- Manual de etiqueta para sexo casual
- Obrigada
- Quase...
- Renato Chauí
- Não Provoque, é cor de rosa shock
- Tocar o sonho...
- É tão bom... Paquitas forever
- Manifesto
- O importante é que emoções eu vivi
- Sobre 2005
- Eu sigo ímpar
- I Still Haven't Found What I'm Looking For
- Ah, Noronha!
- Rádio FX
- Querido Brad
- QUE MERDA QUE EU DEI...
- FACA
- MULHER ALFACE - CLIPE TOSCO



Indique esse Blog


Contador:


Acordei morrendo de saudade dele esses dias.
Encontrei um pano, tipo uma bandeira, bem brega, que comprei em Nova York há muitos anos com uma foto enorme dele fazendo sinal de positivo e fiz uma singela homenagem: amarrei na escada. Quando eu morava com minha amiga San, isso era sempre motivo de discórdia. Lógico que ela não queria o Jon Bon Jovi pendurado na escada lá de casa...
Por mais que hoje ouça e goste bastante de vários outros caras incríveis, tipo Bob Dylan, Tom Waits, Leonard Cohen, Beatles, Jon foi o primeiro. Já falei aqui (  http://aindabemqueeunaodei.zip.net/arch2005-02-13_2005-02-19.html#2005_02-14_12_36_22-9542199-0 ) que aprendi a falar inglês para entender o que ele cantava. Eu achava tudo lindo. Como era possível alguém escrever aquelas coisas?

Eu e minha amiga Marcinha, na época da escola, com 13,14 anos, pegávamos as letras e íamos descobrindo cada canção, cada verso. Não tem preço que pague isso.
E é importante dizer que a história nunca foi sexual. Sempre foi romântica. Eu queria conversar, estar perto, abraçar, cantar junto.
Não sei se para os caras é assim também, mas meu apego a Jon é mais profundo.
Esses dias acordei me sentindo só, e, mexendo na gaveta das calcinhas (juro) encontrei o tal pano do Jon fazendo positivo com a bandeira dos Estados Unidos atrás.
É lógico que eu pendurei na escada. A proposta de deixar a casa clean justo agora que moro sozinha foi por água abaixo...
Peguei todos os CDs do Bon Jovi que encontrei em casa, levei pro carro e saí com o som no talo em plena tarde de domingo de sol pra matar a saudade que estava entalada. “Blood on Blood”, “Living in sin”, “Born to be my baby”, “Bad medicine”e todas as canções que cantei na adolescência, foram saindo da minha boca sem que eu precisasse pensar. Estão ali no HD grudadas e ninguém tira elas de lá.
Já fui intérprete de várias bandas aqui no Brasil, nunca do Bon Jovi. Na verdade tenho medo de nunca mais sentir essa saudade boa se, por acaso, ele for babaca comigo. O que realmente pode acontecer.
Porque quando a gente conhece a pessoa, acaba matando o ídolo. Às vezes isso pode ser ótimo (Robert Plant é o máximo), às vezes fica na mesma (Keith Richards, que sorri e não fala nada com nada, figuraça, ou o Axl Rose, às vezes louco, às vezes doce) e às vezes você bodeia da pessoa (o Bono, fazendo tipo demais de bonzinho).
Não quero nunca perder essa conexão com o Jon. Não quero transformá-lo numa pessoa real. Quero deixá-lo ali, meu porto seguro, para quando eu acordar triste num domingo de sol, poder olhar para um pano na escada, colocar um som e sair dirigindo feliz...
Melhor assim do que sair dando para os caras errados, né não?
Salve Jon!!!

Mr Plant e Mr Page, deixando o palco depois de um show absurdamente

inesquecível. HOLLYWOOD ROCK, 1999

Keith, antes de cair do coqueiro...

Axl, Rock in Rio 3, piscina do Copacabana Palace

Jon na escada de casa...Uhuuu!!!

 



Escrito por Dani Mel às 19h11
[ ] [ envie esta mensagem ]