Histórico:

- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 12/08/2012 a 18/08/2012
- 08/07/2012 a 14/07/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 09/10/2011 a 15/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 18/04/2010 a 24/04/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 13/09/2009 a 19/09/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 14/06/2009 a 20/06/2009
- 31/05/2009 a 06/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 26/04/2009 a 02/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 01/02/2009 a 07/02/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 23/09/2007 a 29/09/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 10/07/2005 a 16/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 05/06/2005 a 11/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 10/04/2005 a 16/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005
- 27/02/2005 a 05/03/2005
- 13/02/2005 a 19/02/2005
- 06/02/2005 a 12/02/2005
- 09/01/2005 a 15/01/2005
- 12/12/2004 a 18/12/2004



Textos e Poesias:

- Perfil
- Trilogia sobre a arte de dar
- Queria ter dado, mas tenho namorado
- Queria ter dado, mas ele era casado
- Mulher Alface / Mulher Rúcula / Mulher Quiabo
- Sobre 2004...
- Bon Jovi
- Bono Vox
- Sílvio Santos - Antológica
- A mãe do Spielberg
- Plantão na porta do Jassa
- Homem Satélite / Homem Mosca / Homem PF
- Anorexia
- Cor de carne ou cor de carmim?
- Tudo por ela
- Desabafo
- Ainda bem que eu não dei... mesmo!
- Manual de etiqueta para sexo casual
- Obrigada
- Quase...
- Renato Chauí
- Não Provoque, é cor de rosa shock
- Tocar o sonho...
- É tão bom... Paquitas forever
- Manifesto
- O importante é que emoções eu vivi
- Sobre 2005
- Eu sigo ímpar
- I Still Haven't Found What I'm Looking For
- Ah, Noronha!
- Rádio FX
- Querido Brad
- QUE MERDA QUE EU DEI...
- FACA
- MULHER ALFACE - CLIPE TOSCO



Indique esse Blog


Contador:


QUE MADONNA QUE NADA… EU AMO A RITA LEE!!!!!

Apesar de eu ter ouvido muito Menudo, Beatles e Bon Jovi na vida, ela sempre foi minha “ídala”. Desde quando usava aqueles peitos postiços cantando “É cor de rosa shock” no Ginásio do Ibirapuera. Eu era menina, não entendia muito bem, mas já gostava. Do deboche, da provocação, da essência. Isso dura até hoje. Virou minha maior referência na música brasileira. E não passou. Cantoras vão, cantoras vem e ela está sempre ali.
Meu encontro com ela nos bastidores do “Saia Justa”, no GNT, em 2004,  só confirmou o que eu sentia: verdade, vontade, essência. Alma de criança, luz de feiticeira.
Falamos sobre o Caminho de Santiago de Compostela, sobre ser vegetariana, e de repente, me senti totalmente em casa. Ela estava louca pra ser avó, queria me apresentar os 3 filhos.

E era minha última chance de vê-la aqui em SP. Mesmo depois que todos os equipamentos foram roubados.
Eu não tinha nem convite, nem companhia. E lá fui eu sozinha para o HSBC (antigo Tom Brasil) em pleno sábado à noite em SP. E tudo aconteceu. Entrei sem convite, assisti a um lindo show, e só confirmei como aos 62 anos Rita Lee ainda tem a platéia nas mãos.
Acabou o show, consegui entrar no camarim, misturada a fãs, amigos, tietes e músicos. Dei um beijo no Beto (filho dela e amigo querido), e fui lá falar com a Rita. Como resumir em 2 minutos tudo o que se passava pela minha cabeça? Perguntar se ela se lembrava de mim do GNT, quando ela fazia o “Saia Justa” e eu o “Armazém 41”? Que a gente se conheceu um dia no camarim e ficou horas conversando sobre o Caminho de Santiago de Compostela? Ou sobre ser vegetariana? Ou sobre ela querer me apresentar os 3 filhos porque estava louca para ser avó?
Não consegui falar nada disso. Só consegui entregar meu CD para ela no meio daquele monte de gente (eu sei que não foi o melhor momento, nunca é, mas eu não ia ter outra chance dessas tão cedo) pedi para ela ouvir as músicas, porque eu tinha certeza que ela ia gostar. Falei sobre a trilogia da “arte de dar” e sobre as Mulheres Verdes (Alface, Rúcula e Quiabo). Ela gostou da Rúcula....Hahaha!!!! E falou que vai ouvir o CD. Aí eu ficava vendo ela andando pra lá e pra cá, dando autógrafos e tirando fotos, sempre com meu disco na mão. Foi absolutamente surreal.
Aí eu fico pensando que é você que faz as coisas acontecerem. Comigo pelo menos, sempre foi assim. E dessa vez tinha tudo pra dar errado. Meu amigo que ia comigo no show teve um problema de família e não pode ir de última hora. Dá desânimo sair por aí sozinha na noite fria de SP. Mas eu estava tão afim... Não pensei muito, deixei a intuição falar mais alto e lá fui eu. O universo ajudou.
( Aí eu fico vendo umas pessoas dando entrevista falando que “Ai, eu estava no supermercado e me convidaram para ser modelo, nunca tinha pensado nisso antes...” Ou “Eu ia passar 6 meses em Nova York e fui fazer um teste e acabou rolando...”. Puta gente blasé, fazendo tipo... Poxa, na minha vida, pelo menos, as coisas só aconteceram porque eu fui muito atrás. Então me irrita quem fala com esse desdém sobre a vida...)
Bom, voltando à Rita, eu falei que adorava transformar o que acontece comigo em poesias, que tinha outras trilogias, tipo “Queria ter dado mas eu tenho namorado”, “Queria ter dado, mas ele era casado”e “ Queria ter dado, mas ele era viado...”, ela morreu de rir. Me deu um endereço de email para mandá-las. Eu não sei o que vai acontecer, se ela vai ouvir o disco ou não, ler as minhas poesias ou não. Quero acreditar que sim, sempre. Mas não quero crias expectativas para não me frustrar depois.
O que acredito, e que é fato, é que deu tudo certo, meu CD acabou de ficar pronto (prensei 300 cópias com 7 músicas para os shows) e eu dei na mão da minha maior inspiração.
Foi tipo uma benção, foi mágico, um aval do além a menos de uma semana para o meu show!! Um sinal de boa sorte, o sorriso de uma pessoa iluminada.
Vcs acham que eu consegui dormir aquela noite??
Só tenho a agradecer. Obrigada!!!

E, LÓGICO,  convidar todos vocês para o meu show de estréia no próximo Sábado, dia 4 de outubro!!!!!
Vocês que acompanharam toda a saga poética musical... Será um prazer vê-los e conhecê-los pessoalmente!!

É num lugar super legal em Moema, aqui em São Paulo, o "Ao vivo music". Pequeno, aconchegante e gostoso.
No repertório, as trilogias sobre a arte de dar, sobre as Mulheres verdes (Alface, Rúcula e Quiabo) e outras surpresas.

Por favor, tentem chegar no horário. O show começa às 19:00hs.
Muitos beijos e até lá!!!!  É nóis!!

 



Escrito por Dani Mel às 22h56
[ ] [ envie esta mensagem ]