Histórico:

- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 12/08/2012 a 18/08/2012
- 08/07/2012 a 14/07/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 09/10/2011 a 15/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 18/04/2010 a 24/04/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 13/09/2009 a 19/09/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 14/06/2009 a 20/06/2009
- 31/05/2009 a 06/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 26/04/2009 a 02/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 01/02/2009 a 07/02/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 23/09/2007 a 29/09/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 10/07/2005 a 16/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 05/06/2005 a 11/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 10/04/2005 a 16/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005
- 27/02/2005 a 05/03/2005
- 13/02/2005 a 19/02/2005
- 06/02/2005 a 12/02/2005
- 09/01/2005 a 15/01/2005
- 12/12/2004 a 18/12/2004



Textos e Poesias:

- Perfil
- Trilogia sobre a arte de dar
- Queria ter dado, mas tenho namorado
- Queria ter dado, mas ele era casado
- Mulher Alface / Mulher Rúcula / Mulher Quiabo
- Sobre 2004...
- Bon Jovi
- Bono Vox
- Sílvio Santos - Antológica
- A mãe do Spielberg
- Plantão na porta do Jassa
- Homem Satélite / Homem Mosca / Homem PF
- Anorexia
- Cor de carne ou cor de carmim?
- Tudo por ela
- Desabafo
- Ainda bem que eu não dei... mesmo!
- Manual de etiqueta para sexo casual
- Obrigada
- Quase...
- Renato Chauí
- Não Provoque, é cor de rosa shock
- Tocar o sonho...
- É tão bom... Paquitas forever
- Manifesto
- O importante é que emoções eu vivi
- Sobre 2005
- Eu sigo ímpar
- I Still Haven't Found What I'm Looking For
- Ah, Noronha!
- Rádio FX
- Querido Brad
- QUE MERDA QUE EU DEI...
- FACA
- MULHER ALFACE - CLIPE TOSCO



Indique esse Blog


Contador:


Ontem eu estava conversando com uma amiga que eu adoro e ela estava super chateada porque estava saindo com um cara bem bacana e ele sumiu.... Não que eles brigaram ou ela colou nele ou eles descobriram que não tinham nada a ver. Muito pelo contrário. Era uma relação sem cobranças, só curtição. E ele simplesmente sumiu. Desencanou, sei lá o que aconteceu. Sumiu por uma semana e depois mandou uma mensagem lá do México dizendo que estava com saudades. Aí voltou para o Brasil e nem deu as caras. É complicado nessas horas, mas a real é que pra muita gente é mais fácil não atender o telefone do que encarar a situação, falar a verdade. Que dói, mas cura. Eu vou respeitar muito mais um cara que diga a verdade na minha cara, por mais dura que seja, do que um cara que suma pra não ter que dizer que não está mais afim.

A real é que quando a pessoa está afim, ela liga. Se ele enrolou no trabalho, se desenrola pra te ver ou dá um jeito de ligar. E você fica inventando mil desculpas para si mesma plantada do lado do telefone, checando a cada 5 minutos se ele está funcionando, achando que o cara perdeu seu número ou está muito ocupado, coitado... Nada disso. Se ele quiser, ele liga. Se não está afim, na boa, não diz que vai ligar. É muito difícil?

Esse tipo, o “Homem Satélite”, só liga pra te manter na agenda de contatos. É cruel, mas é real. E o que é pior, nunca vai assumir isso. E fica puto quando alguém diz isso para ele.
O que é mais foda nesse tipo de cara, é que eles não te liberam para ser feliz. Eles querem, de alguma maneira, te manter sob o domínio deles. Então quando te encontram são super fofos, carinhosos, NÃO DEIXAM CLARO QUE É SÓ UMA AVENTURA, ficam te enrolando, falando que você é especial, mas não dão um passo além. Também não somem de vez. Ficam alimentando uma história com migalhas. São adeptos da trepada de vez em quando. Quando eles estão afim.
Acham que são o centro do universo e que o mundo gira ao redor deles, inclusive você.
É egoísta, pequeno, vazio.
Sai fora, querida. Tremenda roubada. Tá cheio de gente bacana por aí.
Fiz essa poesia há um tempo, mas ela se encaixa perfeitamente nessa história. Faz parte da trilogia dos homens (Homem Satélite, Homem Mosca e Homem PF), que também está virando música. É um pouco forte, como devem ser as coisas escritas com sentimento.
Beijos e até breve...

HOMEM SATÉLITE - PRETENSÃO DE SOL
 
Queria ser o Sol, com os planetas em volta, à disposição
Se esquiva sem dó, inventando mentiras totalmente sem noção
Omite a verdade bancando o bonzinho, o bom coração
Alimentando uma história que acabou, só pra te ter na mão
 
Fala que não quer te ver sofrer
Mas é o que mais sabe fazer
Se enrola com cada desculpa esfarrapada...
Querendo mostrar que nunca tem culpa de nada
 
Uma mentira, uma carta sem selo
Um sonho feliz que virou pesadelo
Uma ilusão de amor perfeito
Tchaaau, você veio com defeito...
 
Some sem te dar qualquer notícia
Nisso ele é especialista
E, quando muito, deixa um recado
Coitado, ele é tão ocupado...

Faz o tipo discreto charmoso, interessante gostoso
Misterioso descolado, o bom moço interessado
Um come quieto disfarçado que não quero do meu lado
Fala a verdade Zé Mané, mostra aí quem você é...
 
Uma mentira, uma carta sem selo
Um sonho feliz que virou pesadelo
Uma ilusão de amor perfeito
Tchaaau, você veio com defeito!
 
No fundo você vive num vazio sem saída
Tapando buraco da sua alma perdida
Usando as pessoas pra curar a solidão
O mundo não precisa de você, ô bundão... 
 
Uma mentira, uma carta sem selo
Um sonho feliz que virou pesadelo
Uma ilusão de amor perfeito
Tchaaau, você veio com defeito!                       
Uma ilusão de amor juvenil
Satélite vai pra puta que pariu!

 



Escrito por Dani Mel às 00h15
[ ] [ envie esta mensagem ]