Histórico:

- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 12/08/2012 a 18/08/2012
- 08/07/2012 a 14/07/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 09/10/2011 a 15/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 18/04/2010 a 24/04/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 13/09/2009 a 19/09/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 14/06/2009 a 20/06/2009
- 31/05/2009 a 06/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 26/04/2009 a 02/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 01/02/2009 a 07/02/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 23/09/2007 a 29/09/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 10/07/2005 a 16/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 05/06/2005 a 11/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 10/04/2005 a 16/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005
- 27/02/2005 a 05/03/2005
- 13/02/2005 a 19/02/2005
- 06/02/2005 a 12/02/2005
- 09/01/2005 a 15/01/2005
- 12/12/2004 a 18/12/2004



Textos e Poesias:

- Perfil
- Trilogia sobre a arte de dar
- Queria ter dado, mas tenho namorado
- Queria ter dado, mas ele era casado
- Mulher Alface / Mulher Rúcula / Mulher Quiabo
- Sobre 2004...
- Bon Jovi
- Bono Vox
- Sílvio Santos - Antológica
- A mãe do Spielberg
- Plantão na porta do Jassa
- Homem Satélite / Homem Mosca / Homem PF
- Anorexia
- Cor de carne ou cor de carmim?
- Tudo por ela
- Desabafo
- Ainda bem que eu não dei... mesmo!
- Manual de etiqueta para sexo casual
- Obrigada
- Quase...
- Renato Chauí
- Não Provoque, é cor de rosa shock
- Tocar o sonho...
- É tão bom... Paquitas forever
- Manifesto
- O importante é que emoções eu vivi
- Sobre 2005
- Eu sigo ímpar
- I Still Haven't Found What I'm Looking For
- Ah, Noronha!
- Rádio FX
- Querido Brad
- QUE MERDA QUE EU DEI...
- FACA
- MULHER ALFACE - CLIPE TOSCO



Indique esse Blog


Contador:


Qual a sua relação com a comida?
A minha é muito estranha. Às vezes ótima, Às vezes terrível. Muito prazerosa, sempre.
Esses dias uma amiga da minha  mãe, ao me ver num jantar comendo salada, perguntou"Nossa Dani, vc conta calorias? Não acredito... Tão magrinha..."
Mal sabe ela...Não tenho problema com salada, adoro inclusive. Tenho problema com a comida. Gosto muito de comer e muitas vezes passo do limite do suficiente para matar a fome. Como, como e como até meu estômago começar a doer e sentir que meu corpo vai arrebentar. Minha pele estica, repuxa, parece que vai estourar. Não sei até que ponto isso é consciente. Parece que algo me domina e 
eu perco o controle sobre meus atos.
O que eu sei é que é bastante auto-destrutivo. Minha sorte é que gosto de malhar. Aí no dia seguinte pedalo, pedalo e pedalo até quase arrebentar meus joelhos para tentar compensar o estrago do dia anterior.
O problema não é comer um sorvete, um chocolate, um saco de batata frita. Um pouco de tudo é possível, é saudável, é normal, é necessário pra gente ser feliz. Imagina, viver sem sorvete seria o pior castigo para mim... O problema é comer um monte. É passar a linha da fome e entrar na neurose. A compulsão é perigosa. Vira um vício que te domina. O intestino para de funcionar, o corpo pira. E daí para a bulimia, de enfiar os dedos na garganta e vomitar tudo, é um passo. Nunca tive coragem. Ainda bem. Porque aí tem que procurar ajuda mesmo.

Então, tenho que assumir as conseqüências do que engoli. E é horrível. É difícil falar disso com as pessoas. É muito pessoal, escondido, dá vergonha. Porque não é simplesmente  um acesso de gula de ter comido um sorvetinho a mais. Gula é uma coisa e compulsão é outra. São crises. Que podem durar dias, semanas. Vc simplesmente perde o controle. Perde as rédeas. Mesmo comendo espinafre, ou cenoura, vc não consegue parar, come o pote inteiro. E tudo o que é demais agride. É mais forte do que vc. Algumas pessoas acham que é frescura. Não, é grave. E é doença.
Depois que a crise passa, a vida volta ao normal. Porções normais.
Não tem hora certa para ela voltar. Às vezes vc pode passar mais de um ano numa boa, sem nada. E às vezes, ela volta 3 vezes no mês. Sim, o que devemos fazer, todos sabemos. Beber bastante água, comer pequenas porções de comida a cada três horas, muitas frutas, verduras e exercícios. O difícil é equilibrar.
Dizem que a solução para tudo está na nossa cabeça. Que ela controla tudo. Preciso aprender a controlá-la. A ioga ajuda bastante.

Acho que no fundo é o mesmo mecanismo do vício em cigarro, bebidas ou drogas. A única solução é cortar o mal pela raíz. A grande diferença é que se vc cortar o cigarro, a bebida ou as drogas, vc sobrevive. Pode ter crises fortes de abstinência, mas sobrevive.
Se vc parar de comer, vc morre.

Eu sei que o assunto é pesado, mas acho necessário falar sobre isso.
Viver de aparências e não ir fundo em nada é ilusão. E eu quero verdade. Sempre.
Beijos
 

 

 



Escrito por Dani Mel às 23h01
[ ] [ envie esta mensagem ]