Histórico:

- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 12/08/2012 a 18/08/2012
- 08/07/2012 a 14/07/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 09/10/2011 a 15/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 18/04/2010 a 24/04/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 13/09/2009 a 19/09/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 14/06/2009 a 20/06/2009
- 31/05/2009 a 06/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 26/04/2009 a 02/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 01/02/2009 a 07/02/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 23/09/2007 a 29/09/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 10/07/2005 a 16/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 05/06/2005 a 11/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 10/04/2005 a 16/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005
- 27/02/2005 a 05/03/2005
- 13/02/2005 a 19/02/2005
- 06/02/2005 a 12/02/2005
- 09/01/2005 a 15/01/2005
- 12/12/2004 a 18/12/2004



Textos e Poesias:

- Perfil
- Trilogia sobre a arte de dar
- Queria ter dado, mas tenho namorado
- Queria ter dado, mas ele era casado
- Mulher Alface / Mulher Rúcula / Mulher Quiabo
- Sobre 2004...
- Bon Jovi
- Bono Vox
- Sílvio Santos - Antológica
- A mãe do Spielberg
- Plantão na porta do Jassa
- Homem Satélite / Homem Mosca / Homem PF
- Anorexia
- Cor de carne ou cor de carmim?
- Tudo por ela
- Desabafo
- Ainda bem que eu não dei... mesmo!
- Manual de etiqueta para sexo casual
- Obrigada
- Quase...
- Renato Chauí
- Não Provoque, é cor de rosa shock
- Tocar o sonho...
- É tão bom... Paquitas forever
- Manifesto
- O importante é que emoções eu vivi
- Sobre 2005
- Eu sigo ímpar
- I Still Haven't Found What I'm Looking For
- Ah, Noronha!
- Rádio FX
- Querido Brad
- QUE MERDA QUE EU DEI...
- FACA
- MULHER ALFACE - CLIPE TOSCO



Indique esse Blog


Contador:


MULHERES...AINDA BEM QUE ELAS EXISTEM


E mais uma trilogia se completa... Finalmente chegou a mulher quiabo. Welcome, honey!
Imperfeita, como as outras, mas humana.
Espero que vocês gostem. Eu me diverti. Com certeza você já cruzou alguma delas por aí...
Beijos e até breve

MULHER ALFACE

A certinha, a boazinha, bonitinha. Que não tem gosto de nada. Que sempre namora os caras mais lindos e interessantes. Que abre mão das suas baladas para assistir o futebol com o cara. Abre mão de ter sua vida e fazer suas vontades para fazer o papel de legal.
Isso deixa os caras bem mal acostumados e ainda mais machistas.
Nota zero pra vocês, alfaces.

Sem graça, sem alça, sem classe
Sonsa, se faz de santa, de tonta
Não tem mistério, nada de especial
Nunca sai do sério, falta sal

Não dança sozinha
Não bebe caipirinha
Faz tipo de boazinha
Até que é bonitinha...

Na balada só bebe água
Faz o tipo bem comportada
Parece marionete programada
Só fala quando é acionada

Então por que os caras querem te namorar?
Será que é porque pensam que podem te controlar?

Acontece que no fundo você manipula
Segue direitinho a receita da bula
Chega de mansinho como quem não quer nada
E se enfia logo no posto de namorada

Eles não vêem o perigo disfarçado
Não percebem seu jeito inocente mascarado
Essa tua cara de alface molhado
Fingindo incapacidade de olhar pro lado

Você não é feia nem bonita
Não é chata nem legal
O que realmente irrita
É que você é muito normal


MULHER RÚCULA

Mulherada, é nóis!!! Porque, vamos combinar, rúcula é beeeeeem melhor que alface...

Ardida, interessante
Apimentada, meio malvada
Desenibida, um pouco falante...

Dança sozinha, entra sem carteirinha
Personalidade forte
Vive tentando a sorte

Esquentada, docinha, encrenqueira,
Engraçada, doidinha,  barraqueira
Inquieta, vive de dieta
Compulsiva, desconta tudo na comida

Às vezes trash, às vezes light
Meio de lua, meio na sua
Meio sincera, meio na dela, meio Cinderela...
Desencanada, viajada, descolada

Vive tentando se dar bem
Às vezes tem xilique, às vezes fica zén
Lógico que ela quer namorar
Mas não é desesperada pra casar

Não joga, não enrola, fala sempre a verdade
Não esconde que tem saudade
Tem um monte de amigos
Especiais, novos e antigos

Só que os homens fogem dela
Com um medo que só eles sabem explicar
Os que encaram fazem coro
Rúcula só tem a acrescentar
Tem que, pelo menos, experimentar

A mulher rúcula faz toda a diferença
Você pode gostar ou não
Mas, com certeza, não se esquece da sua presença...

 

MULHER QUIABO

Escorregadia, mas gostosa
Uma simpatia, mas ardilosa
Faz o tipo bonita misteriosa
Esperta e mentirosa

Interessante, interesseira
Sedutora e xavequeira
Vive jogando, dando esperança
Promentendo sorvete para criança

Te ilude, você acredita
Te enrola, você se irrita
Sorri, você se derrete
De repente faz tudo que ela pede

Linda e atrevida
Um pouco folgada, mas bem resolvida
Bastante enrolada, intensa e convidativa

Cheia de manha, de pose
Você avança, ela faz doce
Você ignora, aí ela te adora

Não diz nem sim nem não
Muda sempre de opinião
Acha que tem sempre razão
E vive te deixando na mão...

Mulher quiabo,
Se você souber entender
Ela vai te surpreender
Se você souber lidar
Ela vai te impressionar
Agora, se você vacilar
Ah, mais uma vez, ela vai te enrolar...



Escrito por Dani Mel às 01h39
[ ] [ envie esta mensagem ]