Histórico:

- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 12/08/2012 a 18/08/2012
- 08/07/2012 a 14/07/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 09/10/2011 a 15/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 18/04/2010 a 24/04/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 13/09/2009 a 19/09/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 14/06/2009 a 20/06/2009
- 31/05/2009 a 06/06/2009
- 24/05/2009 a 30/05/2009
- 26/04/2009 a 02/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 01/02/2009 a 07/02/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 09/11/2008 a 15/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 23/09/2007 a 29/09/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 03/12/2006 a 09/12/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 04/09/2005 a 10/09/2005
- 28/08/2005 a 03/09/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 10/07/2005 a 16/07/2005
- 03/07/2005 a 09/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 05/06/2005 a 11/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 01/05/2005 a 07/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 10/04/2005 a 16/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005
- 27/02/2005 a 05/03/2005
- 13/02/2005 a 19/02/2005
- 06/02/2005 a 12/02/2005
- 09/01/2005 a 15/01/2005
- 12/12/2004 a 18/12/2004



Textos e Poesias:

- Perfil
- Trilogia sobre a arte de dar
- Queria ter dado, mas tenho namorado
- Queria ter dado, mas ele era casado
- Mulher Alface / Mulher Rúcula / Mulher Quiabo
- Sobre 2004...
- Bon Jovi
- Bono Vox
- Sílvio Santos - Antológica
- A mãe do Spielberg
- Plantão na porta do Jassa
- Homem Satélite / Homem Mosca / Homem PF
- Anorexia
- Cor de carne ou cor de carmim?
- Tudo por ela
- Desabafo
- Ainda bem que eu não dei... mesmo!
- Manual de etiqueta para sexo casual
- Obrigada
- Quase...
- Renato Chauí
- Não Provoque, é cor de rosa shock
- Tocar o sonho...
- É tão bom... Paquitas forever
- Manifesto
- O importante é que emoções eu vivi
- Sobre 2005
- Eu sigo ímpar
- I Still Haven't Found What I'm Looking For
- Ah, Noronha!
- Rádio FX
- Querido Brad
- QUE MERDA QUE EU DEI...
- FACA
- MULHER ALFACE - CLIPE TOSCO



Indique esse Blog


Contador:


AINDA BEM QUE ELES EXISTEM!!!

Queridos,
Muitíssimo obrigada por todos os comentários. Me fizeram muito bem. Como vocês sabem, adoro transformar em  poesias tudo o que acontece comigo. Têm algumas aí ao lado, inclusive. Vou colocar aqui uma nova trilogia, uma visão muito particular sobre os tipos de homem que existem por aí... Acho que vocês vão se divertir, principalmente as mulheres. Como vocês podem ver, não faltou inspiração...
Beijos, beijos, beijos


HOMEM SATÉLITE (PRETENSÃO DE SOL)

Queria ser o Sol, com todos os planetas em volta, à disposição
Se esquiva com mentiras totalmente sem noção
Omite a verdade bancando o bonzinho, o bom coração
Alimentando uma história que acabou, só pra me ter na mão

Fala que não quer me ver sofrer
Mas é o que mais sabe fazer
Se enrola com cada desculpa esfarrapada...
Querendo sempre mostrar que não tem culpa de nada

Some sem dar notícia
Deixa migalhas, nisso é especialista
E, quando muito, deixa um recado
Trabalha tanto, coitado, é muito ocupado...

Faz o tipo discreto charmoso
Interessante gostoso
O misterioso descolado

É um come quieto desgraçado
Tudo que NÃO quero do meu lado
Fala a verdade, Zé Mané
Antes que a máscara caia
Mostra quem você realmente é

Uma mentira, uma carta sem selo
Um sonho que virou pesadelo
Uma ilusão de amor perfeito
Tchaaau, você veio com defeito!


HOMEM MOSCA

Sobrevoa
Ronda, ronda
E é essa coisa tosca
Enche o saco esse zumbido chato
Não pica, não morde, não diz a que veio
Só fica em volta, sufocando, bem no meio

Não inventa, não experimenta, não agüenta
Não foca, não mira, não tenta
Não investe, não pira, não se orienta

Ronda e não toma atitude
Só fica em volta esperando que alguma coisa mude
Quer marcar território, mas não tem direção
Não tem foco, graça, nem culhão

Não é libélula nem beija-flor
Borboleta, abelha ou pernilongo
Gafanhoto, formiga ou escorpião
Puta coisa chata, sem emoção

Homem mosca não tem solução
Só chamando a mulher aranha
Pra tentar dar um jeito nessa espécie sem noção!


HOMEM PF

Ponta firme
Prato feito
Sem frases de efeito
Delícia de sujeito

Decidido, não necessariamente bonito
Mistura boa, alimenta a alma, o sorriso
Banca a história, o momento
Paga pra ver o que tem direito

Sabe o que quer, sem trauma do não
Vem sem medo, sem encanação
Direto, objetivo, sem enrolação
Beeem melhor que arroz feijão

Não joga
Não ilude
Não enrola
Se garante

Póde vir e fica à vontade
Me interessa a sua verdade
O colorido da amizade
TODAS as possibilidades

Teu jeito me ganhou
Sem querer me conquistou
Homem PF, faça clones de você
Tá cheio de mané precisando aprender



Escrito por Dani Mel às 19h15
[ ] [ envie esta mensagem ]